“fecho os olhos pra não ver passar o tempo, sinto falta de você…”


agente nunca percebe o quanto algo ou alguém fará falta, até que isto ou este seja tirado de ti.
agente nunca percebe o vazio que algo preenchia, até que isto seja tirado dalí.
hoje eu sinto que deveria ter feito mais por aqueles que preenchiam um espaço que hoje está vazio. hoje eu sei que deveria ter valorizado mais e ter deixado acumular menos poeira na solidez daquilo que existiu.
alguns simplesmente se perdem, outros se destróem, e outros simplesmente não estão mais lá, mas as marcas deixadas e o vazio aberto continuam e sempre continuarão, até que o tempo cubra as marcas ou acentue-as.

About these ads

Um comentário

  1. será que é tarde para fazer o que poderia ser feito?
    é como você sempre diz, toda escolha tem o seu preço, e o preço de continuar não fazendo nada talvez seja continuar com um espaço vazio no peito.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 1.017 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: